Como transportar pet no avião – veja as dicas!

animal de estimação no avião

Ao planejar suas viagens, muita gente se pergunta como fazer para transportar pet no avião.

É possível organizar tudo e garantir um voo seguro e confortável para seu companheiro de patas. Para isso, porém, você precisa ter a documentação necessária e seguir algumas regras.

Aqui estão algumas dicas e informações necessárias. Assim, você já fica sabendo o que é preciso para curtir sua viagem do ladinho de seu amigo tão querido!

Pets X animais de assistência emocional e de serviço

Todos os pets possuem alguma conexão emocional com seu dono. Porém, alguns deles se encaixam em duas categorias diferenciadas: os animais de assistência emocional e os animais de serviço.

O animal de apoio emocional, é prescrito por um profissional de saúde como forma de aliviar a ansiedade de uma pessoa com alguma dificuldade emocional incapacitante.

Contudo, vale ressaltar que nem todas as espécies têm autorização para serem levados em viagem aérea, mesmo sendo de apoio emocional – caso de répteis, por exemplo.

Já os animais de serviço são treinados individualmente para trabalhar para pessoas com necessidades especiais. 

Classifica-se como animal de serviço aquele animal que foi treinado para realizar uma tarefa específica ou trabalho diretamente relacionado à necessidade especial da pessoa – por exemplo, o cão-guia.

Regras para transportar pet no avião

A principal regra para decidir se o seu amigo peludo vai no bagageiro ou na cabine, com seu tutor, refere-se ao tamanho e peso do animal. Veja mais detalhes sobre esse item tão importante na hora de transportar pet no avião!

animal de estimação no avião

Transportar pet no avião – viajando na cabine

Se o bichinho couber na bolsa ou caixa de transporte, sob o assento à sua frente, ele pode seguir viagem na cabine. O peso total (animal e caixa ou bolsa de transporte) costuma variar entre 5 e 10 Kg, dependendo da companhia aérea – por isso, é importante se informar.

Do check-in no balcão da companhia aérea ao desembarque da aeronave, já no destino, o pet deverá permanecer o tempo inteiro dentro da caixa ou bolsa de transporte.

Além disso, é preciso planejar o voo com antecedência. Afinal, as companhias aéreas geralmente restringem o número total de animais de estimação permitidos por voo.

Inclusive, lembre-se disso ao fazer as malas, já que o pet em sua caixa ou bolsa de transporte conta como bagagem de mão.

Por último, pode ter custos extras no caso de escalas e em cada trecho da viagem. Assim sendo, contemple todas essas questões ao montar seu roteiro. Saiba mais no último tópico deste artigo.

Transportar pet no avião – seguindo no bagageiro

Se o seu amigo de patas for de porte médio ou grande, ele irá no bagageiro do avião. Neste caso, as regras são um pouco diferentes.

Primeiramente, verifique se a companhia aérea oferece o serviço e obter detalhes – algumas transportam animais apenas na cabine.

Em caso positivo, o bichinho deve viajar em uma caixa de transporteveja as dicas da Zupper sobre pets em viagem de avião!

animal de estimação no avião

Requisitos e restrições de saúde

Não importa se o seu companheiro de viagem vai na cabine ou no bagageiro. Em ambos os casos, é preciso observar algumas regras ao transportar pet no avião – por exemplo:

  • O check-in deve ser feito presencialmente no balcão da companhia aérea. Assim a companhia em terra poderá atestar se o animal está em total acordo com a regras da companhia e apto a voar;
  • O animal não pode estar sedado;
  • É essencial estar em bom estado de saúde. O laudo, emitido pelo médico veterinário, deve ser feito em no máximo 10 dias antes do voo;
  • Apresentar comportamento dócil;
  • Ter a partir de 8 semanas de vida ou pelo menos 4 meses, no caso das rotas para os Estados Unidos;
  • O tutor precisa apresentar toda a documentação necessária (atestado sanitário, carteira de vacinação atualizada e passaporte para trânsito de cães e gatos).

Dicas para quem quer transportar pet no avião

Seja na cabine ou no porão da aeronave, é importante observar alguns cuidados no transporte de seu bichano. Veja a seguir os cuidados que você deve tomar antes da viagem.

  • Identifique a caixa ou bolsa de transporte do animal com as informações de contato do tutor responsável;
  • Escreva “ANIMAL VIVO” na parte superior e lateral da caixa de transporte. Desenhe setas ou escreva “ESTE LADO PARA CIMA” nos dois lados da caixa;
  • Coloque um tapete impermeável no fundo da caixa ou bolsa e transporte e forre com uma toalha ou cobertor, para o maior conforto do animal.

Políticas para transportar pet no avião

Como vimos, os detalhes das políticas para animais de estimação variam muito de acordo com a companhia aérea. Essa regra também se aplica às taxas cobradas pelo serviço, seja para transporte na cabine ou no bagageiro da aeronave.

Por isso, é melhor verificar todos os custos quando estiver planejando uma viagem.

Conferir todos os requisitos e preparar tudo antecipadamente garante uma viagem mais tranquila – para você e para o seu pet.

Isso vale também para os custos das passagens aéreas. Por isso, cote agora mesmo os valores com a Zupper para garantir as melhores tarifas na hora de transportar pet no avião.

Garanta as passagens aéreas mais baratas com a Zupper – clique e confira já!

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Planeje sua próxima viagem com mais flexibilidade

Organize sua viagem com economia

passarinho

destinos Relacionados

Mais destinos para sua próxima viagem