Roteiros de viagem de autoconhecimento feitos para você relaxar

A vida nos traz sempre muitos desafios e oportunidades de mudanças. E uma viagem de autoconhecimento pode ser a melhor forma de encerrar ou se preparar para um novo ciclo.

Um grande exemplo da importância dessa jornada é o livro “Comer, Rezar, Amar”, onde a autora narra sua viagem de autoconhecimento por três países – e as experiências que enriqueceram todo este processo. 

Se você se inspirou com a história – que até virou filme – e quer mergulhar em suas questões internas, esse artigo é para você. Para ajudar a escolher o destino que melhor combina com esta sua jornada a Zupper selecionou alguns dos destinos mais bonitos e inspiradores do no Brasil.

Aproveite a leitura e as dicas: sua viagem de autoconhecimento começa agora.

O que é uma viagem de autoconhecimento?

Do ponto de vista filosófico, o conceito de autoconhecimento normalmente se refere ao conhecimento das próprias sensações, pensamentos, crenças e outros estados mentais.

É uma questão importante porque, quando temos uma melhor compreensão de nós mesmos, somos capazes de nos sentir como indivíduos únicos. Temos, então, o poder de fazer mudanças e desenvolver nossas áreas de força, bem como identificar pontos onde gostaríamos de fazer melhorias. Fazer uma viagem pode ser a melhor forma de trilhar essa jornada – que começa já na escolha do roteiro e hospedagem – por uma série de motivos. Acompanhe!

Viajar ensina paciência

Vivemos uma era da gratificação instantânea e da tecnologia avançada – mas quando viajamos, aprendemos rapidamente a ser mais pacientes, pois podemos enfrentar atrasos e imprevistos.  Viajar também nos ensina a não se chatear com coisas que estão fora de nosso controle – e essas preciosas lições podem nos ajudar a enfrentar os desafios da vida cotidiana.

Viajar aumenta a confiança

Uma viagem de autoconhecimento é algo que geralmente fazemos sozinhos – o que exige uma boa dose de coragem, especialmente para as mulheres. Mas ter coragem exige confiança e viajar certamente ensina isso. Muitos de nós temos medo quando nos deparamos com outras culturas, comidas, costumes e até outros idiomas. No entanto, após enfrentarmos o medo inicial, descobrimos a beleza de toda essa diversidade.

Viajar força o viajante a refletir sobre sua identidade

Viajar nos incentiva a encontrar satisfação em coisas que normalmente estão fora de nossa visão de mundo. Experimentamos novas culturas, vemos maravilhas do mundo e aprendemos a valorizar o que temos – da importância de saber fazer a mala ao conforto de nossa própria cama.

Viajar nos torna mais independentes

Quando viajamos, aprendemos a desenvolver melhores habilidades de resolução de problemas e a sair de nossa zona de conforto. Invariavelmente, voltamos para casa com habilidades de vida aprimoradas que podemos aplicar à nossa rotina diária.

Destinos sob medida para uma viagem de autoconhecimento

O mundo é repleto de lugares inspiradores, perfeitos para quem quer buscar se conhecer melhor e cada vez mais. A lista a seguir pode ajudar no planejamento da sua jornada:

Chapada dos Veadeiros (GO)

Aqui natureza e misticismo se misturam em paisagens de tirar o fôlego – você vai tirar fotos incríveis! A região fica a 230 km de Brasília e concentra trilhas, cachoeiras e um dos céus mais estrelados que você verá. Há uma energia diferente no ar – provavelmente por conta da grande placa energética de quartzo que é a base deste local tão especial.

São Paulo (SP)

Engana-se quem pensa que o autoconhecimento vem apenas em meio à natureza. Os estímulos de uma grande capital como São Paulo podem trazer à tona uma série de questões pessoais. Museus, gastronomia mundial, uma cultura social desafiadora e muitos outros elementos que podem ajudar a trabalhar valores como a independência e a autoconfiança do viajante.

Além do mais, a cidade possui muitos locais para meditação, incentivando essa prática que é importante para o autoconhecimento. Outra opção é visitar templos como o Templo Zu Lai – na cidade de Cotia, um dos maiores do mundo para os adeptos do Budismo.

Nordeste Brasileiro

Mas se o seu negócio é mergulhar fundo na natureza, as praias do nordeste brasileiro podem ser a sua melhor opção.

As praias do litoral norte da Bahia estão entre nossas dicas: praias de beleza selvagem, algumas delas ainda intocadas pelo homem, permitindo uma viagem de autoconhecimento com lembranças únicas.

Escolha sua praia, deite na rede à beira-mar e pense na vida, nas escolhas e todos os próximos passos dali em diante.

Viagem de autoconhecimento – além do Brasil

  • Santiago de Compostela (Espanha): o trajeto é bastante inspirador, com paisagens de belos vales, que estimulam um diálogo pessoal – algo essencial em uma viagem de autoconhecimento.
  • Islândia: a vivência da natureza, longe do stress e da rotina, é tão bela e intensa aqui que qualquer viajante sai transformado pela experiência. Ainda mais se conseguir observar a aurora boreal durante a sua estadia.

O mundo está cheio de ótimos lugares para uma viagem de autoconhecimento

Da borbulhante São Paulo à solitária Islândia, nosso mundo oferece tantos lugares incríveis que ajudarão qualquer viajante a se conhecer melhor e a fazer novos planos para um futuro mais feliz.

Comece já a fazer o planejamento de sua viagem. Cote suas passagens com a Zupper e encontre os melhores preços:

COTAR PASSAGEM 

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Planeje sua próxima viagem com mais flexibilidade

Organize sua viagem com economia

passarinho

destinos Relacionados

Mais destinos para sua próxima viagem